Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Janela

Janela

"Uma foto que me fecha os olhos
é o que você me oferece.
Eu, tolo, olho
como se olha pro espelho.
Você = meu espelho.
Eu = seu desencanto.

Um cheiro que me amarga o beijo
é o que lembro mais claro.
Eu, tolo, achei que podia
ser quem eu nunca fui.
Você = meu caminho.
Eu = a pedra.

Uma sensação que me estraga o dia
e torna a noite sem fim.
Eu, tolo, achei mesmo que queria
deixar o sol entrar.
Você = o sol.
Eu = uma janela fechada."
Diego Filipe Araujo Alcântara
Enviado por Diego Filipe Araujo Alcântara em 28/05/2006
Código do texto: T164470
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego Filipe Araujo Alcântara
Camanducaia - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
152 textos (7339 leituras)
7 áudios (2204 audições)
1 e-livros (167 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:46)
Diego Filipe Araujo Alcântara