Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INCONSTÂNCIA

       Tudo em mim
       paira
       suspenso, indefinido
Sou a teia
       de fios diáfanos
       inconsistentes
Nada me enleia!

       Odeio o fixo
       o programado
       sou a mudança
       a inconstância
       o improviso
Sou a gaivota
que voa solta!

       Preciso espaço
       pra espairecer
       o meu cansaço
E se o amor
busco e atraio
que seja um raio
que caia ao lado
       que me estremeça
       me enlouqueça
       sem me atingir!

Sou o múltiplo
que não contém a unidade
       só peço abraços
       não quero laços

Sou o sonho
que não consente a realidade
Sou um faminto
       que engole anseios
       mas... sem rodeios
Prefiro a fome
à saciedade!

(In "Geometrias Intemporais")

           
Carmo Vasconcelos
Enviado por Carmo Vasconcelos em 12/05/2005
Código do texto: T16452
Classificação de conteúdo: seguro

Áudio
INCONSTÂNCIA - Carmo Vasconcelos
INCONSTÂNCIA - Carmo Vasconcelos
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carmo Vasconcelos
Lisboa - Lisboa - Portugal
203 textos (15408 leituras)
62 áudios (7662 audições)
15 e-livros (1367 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:50)
Carmo Vasconcelos