Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORDA

Enovelado de fibras,
unidas servem de amarras,
para os barcos e navios,
que singram os mares sombrios.

Dão vida aos sinos que tocam
no chamamento do povo,
para o culto da fé incontida
nas missas e procissões,
que sobem e descem ladeiras,
trazendo fiéis fervorosos,
pedindo a benção de Deus.

Severa, forte e tirana
enrosca-se que nem serpente,
chegando a ceifar a vida
do grande inconfidente,
cujo ideal era ver
a nossa independência.

Na tormenta do afogamento
nos salva com fibra e vigor,
e quando rebenta nos leva
a um sentimento de dor.

No circo garante equilíbrio
ao artista feliz, exultante,
trazendo fortes aplausos
do povo que a tudo assiste.

A corda também foi criança
embalando brinquedos da infância,
lembrando presentes bem vindos
dos tempos passados, felizes.

Na música ela está presente
trazendo a felicidade,
prá alma sofrida da gente
com acordes bonitos, dolentes,
de violões e violinos plangentes.

(A)corda Brasil já é tempo,
teu povo cansado espera
trilhar por dias melhores,
há muito merece viver...

















LUIZ GUIMARAES
Enviado por LUIZ GUIMARAES em 31/05/2006
Código do texto: T167037
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
LUIZ GUIMARAES
Recife - Pernambuco - Brasil
211 textos (10863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:34)
LUIZ GUIMARAES