Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENTRE O CÉU E LAGOS DESCONHECIDOS

O tempo esta submerso em um lago desconhecido
Que por enquanto não nos foi revelado
Em um espaço onde habita a solidão
Onde os passos te levam ao vazio
As horas passam em velocidade acelerada
Que os olhos mal podem acompanhar
E você sente o branco da vida diretamente na pele
Estando presente na vida de muitas pessoas
E às vezes ausente de varias outras tão próximas
Mantemos a pose de fortes e inabaláveis
Insistindo cegamente em pequenos fracassos
Que relutamos em transformar em algo positivo
Assim mesmo não deixando de tentar agradar a todos
Deixando de alimentar magoas passadas
Para não abandonar emoções repentinas
Por talvez merecermos algo da vida
Fazemos os maiores esforços
E negociamos friamente nossos pecados
Para não abaixarmos nossas cabeças
E continuarmos a sonhar,
Sem nos importarmos
Com algumas nuvens escuras a nossa volta
E ver que até nossos sonhos
A realidade insisti em tentar desfazer cruelmente
Feito o vento que carrega consigo
A fumaça escura e sentimentos perdidos
E nos mostra várias coisas ocultas
Entre o céu e lagos desconhecidos.
Diego Navarro
Enviado por Diego Navarro em 13/05/2005
Reeditado em 13/05/2005
Código do texto: T16715
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego Navarro
Londrina - Paraná - Brasil, 35 anos
17 textos (579 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:31)
Diego Navarro