Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OCASO

Neste céu que adormece
O sol já perdeu o brilho
E deu lugar ao ocaso
Era dia, agora é noite...

No o(acaso) dessa calma
O escuro predomina
Os pássaros recolhidos
Em seus ninhos se aconchegam.

O cansaço se inquieta
Pede espaço, quer descanso
Foi um dia de labuta
Que merece reconforto.

A família reunida
Reza em prece ao Criador
Agradece pelo dia
Pelo pão que não faltou.

A noite vai caminhando
O silêncio fala alto
O corpo pede repouso
Vem um novo amanhecer
Belos sonhos futuristas
Quer felicidade ter...









LUIZ GUIMARAES
Enviado por LUIZ GUIMARAES em 01/06/2006
Reeditado em 03/09/2009
Código do texto: T167602
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
LUIZ GUIMARAES
Recife - Pernambuco - Brasil
211 textos (10866 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:46)
LUIZ GUIMARAES