Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Velejando as Nuvens

Eu gosto de me distrair olhando o céu,
As nuvens se movendo para o outro lado
E os sonhos vagando por aí.

Brincar de imaginar formatos para nuvens
É o mesmo que poetar sonhos;
A nuvem que parece um barco
Navegando pelas águas do oceano.

E agora parece um coração ferido
Com um enorme espaço vazio
Encharcado pelas águas deste mar azul.

De repente fez-se uma ponte de saudade
Quando eu estava no meio do caminho
A ponte desapareceu,
E eu caí no fundo do mar.

Quando eu percebi o céu estava nublado
O sonho havia terminado
Apenas a verdade começava a se formar:
A tempestade da solidão!
Movendo o meu barco para o fim do mundo.


* Este texto foi premiado em terceiro lugar na categoria Juvenil do concurso literário "I Ciranda de poesias de Londrina" em 2002.
Bruno Marques
Enviado por Bruno Marques em 03/06/2006
Código do texto: T168435
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bruno Marques
Londrina - Paraná - Brasil, 30 anos
4 textos (113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:36)
Bruno Marques