Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amanheceu...

Amanheceu mais uma vez...
no coração já estrelado,
que o teu calor refez
pela diálogo amansado,
subjugado pelo Amor
de oiro enraízado!

Amanheceu primaveril
no aniversário teu!
Sorriso, frase pueril
que em ti se desvaneceu...
pela palavra fidedigna
que cortou o enigma...

Amanheceu, dia de Deus,
sinestesia em revolução,
desejosa de afagos teus,
descerrei meu coração...
tu ao meu falaste doce fio
ainda sinto o calafrio...

Amanheceu e a certeza ficou
de não mais nos ferimos:
o que passou, passou,
é tempo de erigirmos,
a Torre do nosso desejo,
constructo com ensejo!

Amanheceu...suave tempo,
Pérola rara do firmamento...
levas-me nos braços,
nas mãos que me afagam,
nos beijos devassos
que à noite me embalam!

Amanheceu, réstea que detenho,
esperança de vida sem cessar,
encosto-me ao teu desenho:
que seduz em forma de Amar!
Nele escrevo o meu destino,
Sou o seu único inquilino...
criança feliz a dormitar
sonha com a palavra Acreditar!
Harmoniae
Enviado por Harmoniae em 14/05/2005
Código do texto: T16958
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Harmoniae
Portugal, 50 anos
75 textos (7757 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:14)
Harmoniae