Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma

Não quero dividir-me
Quero multiplicar-me
Somar todos os meus Eus
E devolvé-los à escuridão

Quem os mandou sair
Quem deixou o portão aberto
Tão cedo não os consigo prender lá dentro
Na alma
No lá/ No cá
No escuro
No sombrio sítio
Onde as ovelhas e os Eus
Têm um pastor
Que cuida delas e deles
Por elas e eles

Onde não há lobos
Nem cães
Com dentes afiados
Rigo
Enviado por Rigo em 14/06/2006
Código do texto: T175574
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rigo
Portugal, 31 anos
78 textos (4137 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:58)
Rigo