Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vem...


Vem cá, cola em mim
Assim quietinha, calada
Quero sentir o calor de sua pele
A sensação tátil do roçar das epidermes
A energia que flui desse toque mágico
Me deixar repousar com minha testa em seus lábios
Vou estar de olhos fechados e visão aberta
Essa que sinto entre meus olhos, pouco acima deles
Presiso dar carinho à ela, para estimulá-la
Ao mesmo tempo, assim de olhos fechados
No calor de nossos corpos, coladadinhos
Um emanar constante de calor e energia... fluídica!
Minha visão quer ver você por dentro
Todos os seus órgãos... quero te conhecer inteira
Verso e reverso, loucura e paz
Afago e silêncio, sublimação
Acaricia minha nuca, assim minha alma penetra você
E te vendo por dentro, me torno um com você
Sensação tão boa, de flutuar dentro do seu universo
Meu paraíso, meu encontro comigo mesmo
A percepção completa do meu eu
Nós somos o mundo, minha casa, meu lar
Eu sou o todo, e o todo é você... Amor.

cacaubahia
Enviado por cacaubahia em 21/06/2006
Reeditado em 21/06/2006
Código do texto: T179633

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
cacaubahia
Londrina - Paraná - Brasil, 56 anos
334 textos (36468 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:23)
cacaubahia