Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O TEMPO

 
Só o tempo pode curar todas as feridas deixadas

Pela perda de um grande amor

Feridas abertas no corpo, na alma e no coração...

São lacunas que permanecem abertas em mim

Me fazendo enlouquecer aos poucos

Você ainda está aqui

E sua lembrança é como meu pior pesadelo

Que me persegue por todos os lados

Me obrigando a tentar fugir de mim mesma

De meus desejos e impulsos incontroláveis

De correr para seus braços e te jurar amor eterno

Mas sei que é inútil

Já não me amas mais

E isto é tudo que me resta agora: essa dor e agonia

Pois sei que o que existiu um dia

Já não mais existe

É duro, cruel e insensato

É inacreditável perceber que o amor se foi

Morreu em um dos corações

Mas não no meu...

Embora eu queira muito que isto aconteça

Ele ainda bate descompassado por você

Basta te ver para ter a certeza de que ainda te amo

Sei que amar é muito fácil difícil é esquecer alguém

Esquecer tudo que vivi, senti e descobri com seu amor.

Quisera não tê-lo sentido e vivido

Seria tão simples expulsá-lo de minha vida agora...
anjosemalma
Enviado por anjosemalma em 21/06/2006
Código do texto: T179721
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
anjosemalma
Cricíuma - Santa Catarina - Brasil, 37 anos
21 textos (620 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:21)
anjosemalma