Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Da neve

A neve aconteceu
subitamente parecia um corpo etéreo
mas a neve, deixa que te invente
é como uma criança tateando no vácuo
a neve é a coisa mais cândida
porém recuso-me tocá-la
é porque tenho medo
(bobagem, sempre quis tocar alguém)
depois, te falar é sobretudo doloroso
a pedra o concreto, talvez nem fosse preciso tanto
bastava o silêncio
e poderias dormir comigo
os dedos, fatalmente paralisados não tinham carne
mas os dedos jamais perderiam a capacidade de tocar
a neve não é mais nada

Ronaldo de Luna
Enviado por Ronaldo de Luna em 21/06/2006
Reeditado em 21/07/2006
Código do texto: T179879
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ronaldo de Luna
Recife - Pernambuco - Brasil
12 textos (417 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:30)
Ronaldo de Luna