Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Disse-Me Adeus

Disse-me adeus
Como quem partir, não queria
Como quem dizia sem sentir
Que era o fim

Que não haveria a volta
Disse-me, como quem solta
As palavras decoradas em frente ao espelho

Disse-me adeus
Com o olhar distante
Aproximar-se, seria o bastante
Para nada dizer, e o adeus morrer
No beijo que desejavas

Segurou o nó na garganta
Segurando minha mão
Disse-me adeus sentindo meu cheiro
Sentindo teu desespero
Pelo tempo que corria

Que fosse no vento, você pediu
Que fosse lento, tua alma implorou
Disse-me adeus
Sentindo a morte em vida...

E eu, o que faço com esse adeus
que traz a sombra  um amor
que para onde for ...
não irá sozinho
Levar-me-á junto, mas junto a  mim
Não pode ficar...

Disse-me adeus
Porém só também não fiquei
Deixou comigo a certeza
Que me amou tanto, quanto te amei...
ziza Silvestre
Enviado por ziza Silvestre em 24/06/2006
Código do texto: T181691

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ziza Silvestre
Ourinhos - São Paulo - Brasil, 53 anos
217 textos (14090 leituras)
1 e-livros (52 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:32)
ziza Silvestre