Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chuva, sangue e suor

Chuva, sangue e suor


Chuva, sangue ou suor?
O povo não acredita nesse absurdo.
O governo mostra as unhas
Suas garras afiadas.

Chuva, sangue e suor
As gotas escorrem no corpo
e mostram a força do trabalhador.
Trabalhador cansado
de chegar ao fim do mês
sempre do mesmo jeito.

Voltamos ao tempo feudal.
O trabalhador é um servo
preso a terra...
Que paga mais que ganha...
Que trabalha mais que vive...
Que se alimenta do resto da esperança
em uma liberdade falsificada.

Chuva, sangue ou suor?
Nada disso.
São lágrimas.
Lágrimas de desespero.
Lágrimas de fome...
Lágrimas de dor...
Lágrimas de vazio...

O governo mostra as suas garras
e que o país tem dinheiro.
Eles irão devolver?
Jamais...
Enquanto isso o povo
mantém no coração
uma gota de esperança
em meio a lágrimas,
Chuva, sangue e suor.
Polar
Enviado por Polar em 28/06/2006
Código do texto: T183940
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Polar
Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil, 29 anos
78 textos (5807 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:02)
Polar