Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

eu sou

Eu sou a noite e o desconhecido
Eu sou a vida que vibra na solidão
Eu sou a voz e o caminho da alma
sou o universo...
O verso e o silêncio
sou as pétalas que caem em teu
coração sombrio,
EU sou o tempo invisivel
Que nos prende no tempo...
Que não pode ser medido
Nem explicado.
Eu sou o mar
Que acolheu tuas lágrimas...
Eu sou a princesa do castelo de areia
Eu sou a rosa do sertão
Eu sou a água no deserto
Eu sou a borboleta de asas rasgadas
Eu sou o lirio ausente
Eu sou a floresta em chama
Que clama pedindo socorro
Eu sou a chama invisivel
A felicidade que não encontrei
Sou um pássaro no esquecimento
Sou uma ilusão presa pela realidade
Sou eu então
Enfim...
Poeta

Dandara Dantas
Enviado por Dandara Dantas em 28/06/2006
Reeditado em 17/02/2011
Código do texto: T183988

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dandara Dantas
Itapetinga - Bahia - Brasil, 27 anos
76 textos (2814 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:51)
Dandara Dantas