Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia ao raiar do dia

Se te agrada a companhia dos meus versos
Tens sempre contigo parte de mim
Pois para isso concorre o universo
Ao descortinar diante de mim
O firmamento, estradas tortuosas
De alegrias e dores cobertas.
Diante das veredas incertas,
Estrofes douradas ou carmesim
Brotam, em um jorrar sem fim,
Cascatas suaves, melindrosas.

Se acaso te agrada este meu afeto,
Quieto, tímido, como eu mesma sou,
Há de ser meu verso cada vez mais completo
Pois me desfaço em poesia ao longo do trajeto
Não importa onde estou ou aonde vou.
Faço-me assim brilhante madrugada,
Pois na escuridão do céu brilha a poesia.
Seu brilho só encontra equiparação
Quando lhe encobre o rastro de emoção
O brilho ainda maior do raiar do dia.

Shirley Carreira
Enviado por Shirley Carreira em 29/06/2006
Código do texto: T184362

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Shirley Carreira
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
271 textos (19341 leituras)
10 áudios (2666 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:10)
Shirley Carreira