Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Céu e Inferno No Teu Corpo...

O que me move adiante são seus lábios raidantes;
O que me eleva ao máximo, são seus contornos.
Mas repentino, o que me queda, sem estorvos,
Simples ou não, se sua presença delirante.

Ali, quando passas, lança-me ao desprezo gélido,
Sei, que ameaças fugir ao meu carinho.
Tenho noção do meu encanto, em desalinho.
Que finges, num arredio olhar, a devoção de séquito.

Meu inferno inicial é o céu dos enfeites,
Beleza em forma celestial,que à tona traz chamas
Que de tão quente fere minh'alma, qual azeites;
Ranca toda pele, escarneia risca como lâmina.

É tudo invertido, se sorri, traz-me ao paraiso.
Abre-se o mar,clareia a noite, calam-se as feras.
Me de a mão, caminhe junto, as cores são as mais belas.
Tudo se prezas como herói, devolve-ma ao juizo.
Erinaldo Oliveira
Enviado por Erinaldo Oliveira em 21/05/2005
Código do texto: T18468
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Erinaldo Oliveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 52 anos
2 textos (155 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:23)
Erinaldo Oliveira