Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Indagações

E quando os mistérios forem todos revelados?
E quando já não houver mais pecados?
E quando o ser humano quedar-se em prantos
da ambição frustrada, da violência enganada,
de todas as coisas sem sentido, vivenciadas?
E quando não sobrarão mais deuses para
aplacar a dor dos incautos, nem flores para
aromatizar os espaços sagrados?
E quando o improvável tomar conta das mentes
e transformar corpos em bonecos inertes?
E quando o abjeto, vil e infâme já não governará
egos sem escrúpulos tomados por narcisismos?
E quando tudo acabar num grande recomeço;
onde estarão os soberbos da ciência e da religião?
Paola Caumo
Enviado por Paola Caumo em 02/07/2006
Reeditado em 02/07/2006
Código do texto: T186058
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Paola Caumo
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 47 anos
167 textos (6281 leituras)
17 e-livros (808 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 03:08)
Paola Caumo