Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O meu ir e vir (faz a diferença)

De manhã vou...
estrada afora.
Caminho sempre,
do lado direito
beirando a linha férrea
Para onde vou?
Vou trabalhar.
Em 20 ou 30min.,
lá estou..
Às vezes caminho afoita,
receio chegar atrasada.
Às vezes mais tranqüila,
tenho mais tempo...
Por que caminho?
Por muitos motivos.
Na maioria das vezes,
para economizar
uns trocados
caminhando,
vou recordando...
caminhando...
cruzando com pessoas
que talvez,
faça o mesmo
recordo
minha mocidade..
Tempos em que também
ia e vinha
neste mesmo trecho
da estrada
Vou observando
Como as coisas
Mudaram
O que antes era
natureza preservada
Hoje é natureza
semidestruída.
Poucas árvores,
poucos pássaros,
muito lixo,
o barro se converteu
em asfalto.
A paisagem foi
se modificando
O homem foi destruindo...
Olho para o
lado esquerdo,
O que antes
era verde,
Hoje são
barracos amontoados
Pessoas sem condições,
sobreviventes,
de um país
que expõe
seus cidadãos
a viver assim
na pobreza.
Tropeço em lixo
de toda espécie,
latas, papéis,
garrafas, animais em decomposição
Antes,
o cheiro do mato
misturava-se
ao cheiro da terra
Hoje ,
O cheiro é a mistura
de todos os detritos
ali lançados.
Sinto saudades...
Antes,
O medo
quase não existia
Hoje,
os sobressaltos
são constantes.
Antes,
Os sons dos pássaros,
o trotar dos cavalos
o apito do cargueiro
Era uma sinfonia
Que me acalmava
Hoje,
o som poluente
dos automóveis,
dos tiros
amedronta minha alma
E vou  pensando...
Nas pessoas endinheiradas,
em seus possantes carrões
com certeza,
não podem
vivenciar
essa realidade
Mas eu posso,
E me sinto triste...
E me sinto feliz...
mas também
privilegiada,
tenho a oportunidade
de viver a realidade....
 
Maria Eugenia Chiaretti
             01/06/2006.

camomila
Enviado por camomila em 02/07/2006
Reeditado em 03/11/2006
Código do texto: T186352
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Eugenia Oliveira Chiaretti). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
camomila
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
247 textos (10632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:28)
camomila