Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma flor que articula

Dou-me a ver fitares
Assomam aos pares
Esquisitos entes
Às diversas lentes
As mãos a tocar
O figadal lar
Querem meu odor
Com dor,sem ardor
Acolá os espinhos
Mortos os meus vinhos
Um caule sem terra
A vida não erra
Morri,agora jazo
Num gélido vazo
Qualquer namorado
Deu ao ser amado
Um estirpe assaz
Magro:sem a paz
Le Jeteux
Enviado por Le Jeteux em 03/07/2006
Código do texto: T186532
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Le Jeteux
Santo André - São Paulo - Brasil, 25 anos
9 textos (113 leituras)
2 e-livros (51 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:30)