Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

*

a mim
que o tempo

põe e retira

a força e a esperença
faz sonhar desperto
chagas e chamas.

a sirene marcando
com o passo
o sangue do asfalto
a cal
da laje que cede
(o acaso desaba)
e cisca
o olhar
que pende
no fio da noite

- este tranco é sonho
ou um maremoto avançando?
daniel rodrigues
Enviado por daniel rodrigues em 03/07/2006
Código do texto: T186779
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
daniel rodrigues
Londrina - Paraná - Brasil, 33 anos
61 textos (2261 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:21)