Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reatos a ti

Relatos a ti

Quando abrigar-te em meu peito,
meu calor será a palavra de afago,
um carinho alimento que este irá lhe oferecer.
Este que bebe dores e mistérios,
flores e água limpa, num texto
que a vida escreve com seus estilhaços
no nascer de cada aurora...
Quando abrigar-te em meu peito,
minha força não me negará frente ao medo,
pois em ti esta se renova,
cultivando um destino árvore que suga
o existir na terra do pensar.
Terra em que tramita nossos
primários passos, ás vezes cansados
num surgir aflito e ímpeto do amor...
Nem mesmo o sol irá dourar seus dias
e contornar teu rosto como a minha vontade.
E assim, ás vezes tremendo, como se
tocar em você fosse preciso romper
o inimaginável  véu da graça,
que molda meu coração incapaz de negar-te.
Minha sorte, a mão que crava sobre a terra
a semente de um nítido sonho,
quando a percebi pela primeira vez.

Camper
Enviado por Camper em 03/07/2006
Reeditado em 13/05/2011
Código do texto: T186940
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Camper
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil, 38 anos
70 textos (1949 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:15)
Camper