Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pedras

Vamos...
atire-me pedras !
me chame inconstante
eu sorrio
o riso distraído
das amantes

Enquanto lapidas pedras sem brilho
sou aquela abandonada
sem ternura
que rola na mão bruto diamante
dos amores perdidos

Aranha eu
teço minha teia
traço meu labirinto
com espinhos
e sobras do amor
porque sou em desatino

Suas pedras são para mim, estrelas
esferas sem lei
o sonho ou  sol
essência do que sou
a angústia com que te afogas

Atire-me pedras, companheiro
pois tem a alma dura
nunca caminhará comigo
porque nesta vida eu prossigo,
...Tu ficas!!!
Sheila Pavanelli
Enviado por Sheila Pavanelli em 21/05/2005
Código do texto: T18707
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sheila Pavanelli
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 63 anos
14 textos (729 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:22)
Sheila Pavanelli