Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Original

Não sei o que quero...
Quero tudo. Como quem não quer nada.
Não quero nada. Parecendo tudo querer...
Quero... Apenas quero.

Mais uma dose, mais um vida, mais uma chance...
Nascer é começar a morrer...
O que é único jamais será igual
Por isso o presente...

Futuro e passado...
Sonhos e mentiras.
Só há um momento...
Pois não existe o tempo.

Eis na minha frente o original...
O tempo finge passar.
Mas continuamos no presente...
O que era nunca foi, tampouco será.

Quero ganhar minha liberdade
Sem vender minha alma
Até por que não tenho liberdade
Já nasci livre... Livre...

Mas algo tenta me convencer
Pedindo-me pra minh’alma vender
Mas não é meu.
É o que sou...
...É o que é...

A liberdade é o bem único
A consciência comum
Viver é estar no meio de uma escolha eterna
Em um momento eterno
E não existe meio termo

O Deus único é o momento presente
A liberdade é o presente
A justiça é o presente
Assim como eu, tu e ele...
...Somos nós...

Livres num momento eterno e único
Tristes com a saudade
Ansiosos pelo futuro
Felizes no presente

Passado é lembrança,
Futuro é sonho...
Ecos do presente,
Este silencioso e único
Momento cósmico...

O que é único jamais poderá ser igual.
Por isso eis a realidade.
Sem meio termo e sem cópia...
...original...
Skellotto
Enviado por Skellotto em 07/07/2006
Código do texto: T189261
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Skellotto
Salvador - Bahia - Brasil
12 textos (702 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:43)
Skellotto