Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Inimigo domesticado


Deixarei, silente, o medo escorrer pelas pontas dos dedos.
Liberto, transformar-se-á em palavra,
E dirá coisas impuras, aprisionadas há tempos,
Revelando a lascívia dissimulada.

Deixarei que escrache com todos os meus desejos,
Que descreva o corpo, que desnude a alma.
E quando esgotarem-se os segredos,
Retomarei as rédeas do medo em minha palma.

Deixarei que se rebele em exíguos momentos,
Sem que perceba ser manipulado.
E o farei cúmplice de meus tormentos,
Inimigo rebelde domesticado.











Ly Sabas
Enviado por Ly Sabas em 12/07/2006
Reeditado em 22/03/2008
Código do texto: T192776
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ly Sabas
Osasco - São Paulo - Brasil
228 textos (15784 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:14)
Ly Sabas

Site do Escritor