Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desejo na penumbra.(um momento suspenso no tempo...)

Fizestes do meu corpo um instrumento,
uma máquina estimulada pelo desejo,
que explode hoje no instante em que te vejo.
Atiçasses minha carne a anseios jamais imaginados,
fostes marcado a ferro em mim no exato momento
em que minha boca pela sua foi subjugada;
agora,meu corpo arde por toda a madrugada
a lembrar do corpo teu e o meu entrelaçados,
e tuas mãos e língua a gerar-me gemidos loucos de prazer...
És droga poderosa em minhas veias correndo,
a excitação que me percorre do pescoço às pernas,me aquecendo
até mesmo nas mais baixas temperaturas...
Estremeço na penumbra do quarto,acreditando rever
os teus olhos a desvendar a minha nudez;
e pego-me a pensar se,por um instante talvez,
estejas tu cônscio do quanto agora me torturas
com as lembranças de ti em meu corpo e mente a girar...
Queria ter coragem o suficiente para te perseguir,
e,com todo o meu ansiar represado,te seduzir,
sentindo-te sendo,pelo prazer,meu dominado
e me permitindo todo o meu corpo te entregar...
Mas ainda sou menina,por trás da mulher que naquela noite tivestes,
e esperar-te-ei,até o dia em que novamente me quiseres,
meu corpo a cada madrugada,droga minha,mais ansioso e viciado...
Thaís Soledade
Enviado por Thaís Soledade em 13/07/2006
Reeditado em 13/07/2006
Código do texto: T193323
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Thaís Soledade
Paulista - Pernambuco - Brasil, 30 anos
145 textos (4374 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:28)
Thaís Soledade