Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amanhecer

O dia amanheceu...
O caminho se perdeu embriagado de notas nuas
Pedaços de copos de cristal
Vivência poética de deliciosas mordaças

A tarde deliciou-se em raios de perdição
Metáforas perfumadas em controles decadentes
Sedutores sinais de horas petrificadas
Raiar desmedido em sacrifícios humanos

Anoitecer imolado em pedintes despachantes
Sandálias destemidas refletidas em copos vazios
Tempero tardio em porto seguro tempestuoso
Delicadas mordaças de anonimato delirante

A madrugada cavalgou
Para jamais amanhecer.
Angela Leite
Enviado por Angela Leite em 13/07/2006
Código do texto: T193491

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angela Leite
Arapiraca - Alagoas - Brasil
148 textos (41869 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:26)
Angela Leite