Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Momento de fraqueza


Dizem-me: Carlos, pára de chorar.
Parar de derramar o pranto?
Purificar minha alma enferma,
Tão cheia de pecados?

É melhor não responder as questões.
A tristeza, companheira verdadeira,
Jamais me abandonará — tentei outrora.

Carlos, desata. Vá viver a vida,
Curta o momento ao máximo, rapaz;
Ele vai, não volta, entretanto
Aí estás, assim ficarás?
Digo: Ficarei, permanecerei emudecido,
Cabisbaixo em meu canto...
Sentindo a voracidade da dor
Sufocando meus ais...

Meu choro é santo, de certo,
Se o ponto crucial da existência,
For somente sentir e calar.
Alberto da Cruz
Enviado por Alberto da Cruz em 14/07/2006
Código do texto: T193758

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite Alberto da Cruz e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alberto da Cruz
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil, 35 anos
201 textos (24129 leituras)
15 áudios (1092 audições)
6 e-livros (1206 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:59)
Alberto da Cruz