Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As vezes, só as vezes...

Às vezes, só às vezes...

Às vezes, só às vezes.
Nos porões, nas alcovas.
Mais internas,
Ou nos sótãos que não abro
Nas primaveras
Nas louçarias porcelanizadas
Em azuis decorados por tempos
Esquecidos passados,
Às vezes, só às vezes
Nas estantes onde repousam os livros
A tristeza emerge tão abrupta e voraz
Que minhas defesas, dissolutas
Desabam aos versos, vencidas
Pelas lágrimas absolutas, remidas
Imagens do que já foi a vida


Tonho França.
Tonho França
Enviado por Tonho França em 15/07/2006
Código do texto: T194631
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tonho França
Guaratinguetá - São Paulo - Brasil, 51 anos
82 textos (5754 leituras)
4 e-livros (356 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:20)
Tonho França