Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR E NATUREZA

Venha meu amor, deite-se aqui ao meu lado
Sinta o cheiro da terra e a força que dela emana
Desarme-se da mesquinhez, das mazelas da vida  mundana
Deixando a maciez da  relva tocar sua tez morena  serena

Assim nem palavras, versos ou rimas  hoje as quero ter
Quero sim o coração aberto, o sentimento incerto a gemer
Procurar e encontrar-me, entre seivas e orvalhos quero me perder
Se me achar será no canteiro das acácias  entre as folhagens irá  ter

Naquela manhã ensolarada de um verão transparente
Você deitou ao meu lado naquele aveludado e  verde tapete
Recostou a cabeça em meu corpo e profundamente meu peito rasgou
Como  afiada lamina  entrou em minha alma e em meu coração se alojou

Lembro-me  como é doce o murmúrio valvar de tua voz a tecer
Cânticos com  graciosa melodia a minh‘alma suavemente   envolver
Docemente foi inundando-me  de prazer espalhando por todo meu ser
A paz  e sentimento de harmonia a dominar com suprema alegria  meu viver


umvelhomenino
MORDEGANE
Enviado por MORDEGANE em 25/05/2005
Código do texto: T19501
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MORDEGANE
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 61 anos
69 textos (5654 leituras)
1 áudios (35 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:55)
MORDEGANE