Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENTRELINHAS

Nas entrelinhas
do que existe
esmagam-se poesias apertadas
e desabam no chão
em camas equidistantes
buracos não habitados
rodas-gigantes...

Reviram-se
e dão poemas zonzos
bebâdos de si
tagarelantes
falam bobagens
criam e recriam cenas
fustigantes...

Já suados e cansados
descem em pausa
um hiato forçado
ditongo aberto
realejo
que não rima
sujeito coerente
ao verbo
predicado mais que distante
Helena Istiraneopulos
Enviado por Helena Istiraneopulos em 17/07/2006
Código do texto: T196085

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Istiraneopulos
Estados Unidos, 45 anos
256 textos (19044 leituras)
2 áudios (240 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:19)
Helena Istiraneopulos