Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem Título

Escrevo, porque não sei como
expressar o que sinto
Sinto vontade de chorar por algo
Por alguém, mas porquê? Quem?
Sei lá...
Meus poemas dizem as
palavras que não saem da minha boca,
sentimentos e desejos que não saem de mim
Sinto-me só, no meio de tantos
Sinto-me mal e às vezes muito bem
Amores? Amigos? Família?
O que são? Quem são?
Em quem confiar?
Não sei
Em quem eu pensava que podia
confiar...me deixou...sem explicações
Amigos se esquecem de mim
Família? Longe...
Ouço uma "música ao longe" que não é
de Érico Veríssimo muito menos de Mário Quintana
Talvez seja o grito do meu peito
Que clama por carinho, atenção, soluções
Problemas? Todos temos, soluções? Só os
espertos a encontram
Não sou esperta
mas quero
encontrá-la
Carinho...guardo no peito e aguardo...
Respeito...deixei em
algum lugar
Amor? Como queria ter um...
Tenho, mas não é correspondido
Medo existe mas não é bom
Bom mesmo é ser livre
Sem se preocupar com
as pessoas ao redor
Mas "Liberdade acima de tudo"
nunca iremos encontrar
Carinho
é o que preciso mas não acho um
caminho para encontrá-lo
Em mim? Em alguém?
Sei lá...


Ser carinhosa mas não ter o carinho de
alguém, dá fome, engorda, dói
Saudades dá insônia e lágrimas nos olhos
Os meus se enchem de água
quando penso nos amigos, família, coisas,
cidade natal que deixei
Para viver essa loucura

Foi bom, se não tivessem me esquecido
Seria melhor ainda

Carência? É o que eu mais sinto hoje.
LeMi
Enviado por LeMi em 17/07/2006
Reeditado em 31/01/2007
Código do texto: T196213
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LeMi
Passo Fundo - Rio Grande do Sul - Brasil, 28 anos
14 textos (656 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:33)