Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO COMBOIO

Tudo passa, tudo corre
A cento e cinquenta à hora.
Deixei minha filha há pouco.
Com saudade vim embora…

A Páscoa foi linda assim
A ver a família alegre.
Tão felizes por me verem,
Meu coração todo entregue…

Vejo a paisagem diversa
Com as sombras mal marcadas.
O Sol brilha intermitente
E as nuvens, acinzentadas.

Mas a Primavera impõe-se,
Os verdes a suceder.
Há florzinhas amarelas
E a da urze a aparecer.

À medida que me afasto
Depressa dos meus amores,
Sinto a alma dividida
Em carinhos e temores.

O que tenho pra lhes dar
É piedosa oração.
Distância que nos separa
Inspira o meu coração.

Lisboa, 23.05.06
Maria da Fonseca
Enviado por Maria da Fonseca em 18/07/2006
Reeditado em 05/10/2006
Código do texto: T196681
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria da Fonseca
Portugal
143 textos (3621 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:47)
Maria da Fonseca