Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UTOPIA

A noite chega devagar e mansa.
Nela não vejo ameaça ou esperança.

Vejo apenas seus lábios entreabertos,
feixes de luz e deserto.

Sede da solidão,
sede do incerto,
a noite acalenta lentamente
o niilismo impróprio
a meu ser utópico.
Rocio Novaes
Enviado por Rocio Novaes em 25/05/2005
Código do texto: T19724
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rocio Novaes
Curitiba - Paraná - Brasil
203 textos (55095 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:45)
Rocio Novaes