Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coisas que é só coração Que num consigo explicar

Coisas que é só coração
Que num consigo explicar




Minha poesia é viver,
Minha expressão é contida,
Muitas das vezes banida
Mas é querendo fazer.
Vivo aprendendo aprender
Na arte a vida expressar;
Vida em que quero mostrar
Toda essa minha emoção:
Coisas que é só coração,
Que num consigo explicar.
 
Nunca estudei num rabisco,
Mas comecei praticar.
Mesmo sem metrificar,
Também escrevo e belisco,
Sabendo o monte de risco
Que vou co’a arte encontrar.
Tentando, tento rimar
Com versos e entonação,
Coisas que é só coração,
Que num consigo explicar.
 
São coisas que eu absorvo,
Tendo a vida a me ensinar,
Pra depois compartilhar,
Fazendo o novo mais novo,
Mostrando o verso do povo,
Mesmo sem saber rimar,
Que a poesia tem lugar
Dentro de cada torrão,
Coisas que é só coração,
Que num consigo explicar.


 
Galdêncio Neto

Poeta Galdencio Neto
Enviado por Poeta Galdencio Neto em 22/12/2009
Código do texto: T1990149

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Galdencio Neto
Sertânia - Pernambuco - Brasil, 41 anos
47 textos (4157 leituras)
9 áudios (431 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/07/17 11:51)
Poeta Galdencio Neto