Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TENTATIVA DE REGRESSO

A tarde já vai longe
e não há mais como voltar,
mesmo porque, estive tanto tempo ausente
e onde encontraria o caminho de regresso?
Descansar aqui é o bastante,
com os olhos presos onde o coração repousa.
 
Na verdade, nunca estive no lugar certo,
na hora certa.
Sempre tão perto e tão longe...
Num mundo denso de emoções,
me afastei do caminho
e fui engolido pela solidão
enquanto a boca escancarada pedia sinfonias.
Porque agora soltar o grito,
rufar tambores se nunca lamentei a sorte?
Talvez o peito ainda exangue
só agora varreu os vestígios da espera de sentir-se limpo,
como a terra depois da chuva de verão.
 
A tarde já vai longe
e não há mais como voltar,
mesmo porque, estive tanto tempo ausente
e onde encontraria o caminho de regresso?
Descansar aqui é o bastante,
com os olhos presos onde o
coração repousa.


José Luongo da Silveira
Enviado por José Luongo da Silveira em 25/07/2006
Código do texto: T201244
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Luongo da Silveira
Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil
78 textos (1180 leituras)
1 e-livros (50 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:25)
José Luongo da Silveira