Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

espécime da espécie

da cabeça aos pés
só raça
um olhar de águia
e faro canino

caído na poção
um Obélix
de pura intuição

eleito dos deuses
um seu igual

ser ideal: o poeta!

{(O) Assim esteve a tentar fazer "psicografia" de banda... desenhada, a Mim a ver-se num espelho mágico, ou eu nu olhei o cu... da Lua?
Quem pediu um poema, se gostou, é seu!
Quem desgostar não tem de degustar!
Quem gostar não tem de provar...
É todo seu.}
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 25/07/2006
Código do texto: T201899
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310483 leituras)
37 áudios (39565 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:06)
Francisco Coimbra