Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sombras

Sombras

As sombras do tempo não movem os relógios,
Não faz chegar os elevadores,
Não abre os sótãos onde escondo minhas roseiras.
A sombra da noite vem por mera distração da lua,
Refugiar-se próximo a mim,
Mistura-se entre a fumaça lenta do cachimbo
E som suave da lembrança do seu riso
As telas na parede tem sua face
Entre cores, abstratos, jardins.
Não apagam o que foi de fato,
Não conjugam amor em tempo passado
Ainda tenho todas as cicatrizes enfim,
Que insisto em disfarçar, nas sacadas,
Onde minha alma cansada,
Respira teus ares, incensos de alecrim.

Tonho França
Tonho França
Enviado por Tonho França em 25/07/2006
Código do texto: T201953
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tonho França
Guaratinguetá - São Paulo - Brasil, 51 anos
82 textos (5756 leituras)
4 e-livros (356 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:46)
Tonho França