Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gaia Madre, Pacifica e Ora

Ouve os que choram, não teme os que vêem,
que tão pouco oram e tampouco crêem.
Não mais os magoa nem nada lhes traz
mas sabe que à toa seu canto sagaz

nada lhe diz sobre um homem que cai
por ser tão feliz sobre os braços de um pai,
não querem ser vultos, não mais os direi
preferem ser cultos, ser nomes de lei

E olham em volta mas não lembrarão
que um dia cansado nao traz multidão
de becos de todo perdido jardim

Não pensam que sabem, mas querem dizer,
e as portas não abrem ao amanhecer
e tanto exitam por dizer um sim.
Gaia
Enviado por Gaia em 26/07/2006
Código do texto: T202072
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gaia
São Carlos - São Paulo - Brasil, 28 anos
5 textos (112 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:56)
Gaia