Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Piada e poesia

Olho pro passado e vejo um amontoado de mentiras
Olho pro presente e me vejo ainda no passado
Me olho no espelho embaçado e me vejo no futuro embriagado
Por minhas próprias lágrimas
Ilhado pelos meus sofrimentos

Nado contra a correnteza de meu próprio sangue
Fico cada vez mais longe da margem da sanidade
A beira da loucura em queda livre
No abismo da saudade
Buscando nas mentiras pelo menos uma verdade

Me refugio atrás de gargalhadas
Me expresso brincando com as palavras
Me tornando uma ironia
Uma espécie de piada
Misturada com poesia
Osvaldo Fagner
Enviado por Osvaldo Fagner em 28/05/2005
Reeditado em 28/05/2005
Código do texto: T20247
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Osvaldo Fagner
Votorantim - São Paulo - Brasil, 31 anos
5 textos (401 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 17:58)
Osvaldo Fagner