Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Divergir

Sou altamente influenciada por uma não compreensão indecifrável
Que vai se perdendo numa realidade tua
E apenas por isso mesmo
A alegria por mim exalada não lhe é compreensível
Em olhar e pele e pensamento solto
Revestido de qualquer coisa por mim desconhecida
E a falta que me faz a dimensão desse teu mundo
Do meu mundo aprisionado em lamentos
Onde talvez um simples dia não pudesse demonstrar
Sou por vezes aquela à qual não imaginavas conhecer
E que em pensamentos indefiníveis agora se perde
Mas por vezes o desaparecimento
Certamente me acalmaria o ser
Apenas por não ser pensado possível definido nesse viver
Não procuro mudar a essência
Não pretendo ser vontade reprimida
Não sou essa que oprime, que possibilita
Outra forma de amor, outra medida de vida
Acredito apenas que sonhos meus reais são
Ou quase o são
Não te forço a aprovar minhas medidas
Da resolução do teu futuro quem diz algo é tua própria vida
A alegria por mim exalada não lhe é compreensível
Nem será enquanto por espanto e desalento
Tua frieza consumir até o que eu nunca senti
Sou ser, as vezes humano as vezes brisa
Na disseminação desse reconhecer
Que tudo é nada e esse mesmo
Em sua totalidade
Me resume a você
Por enquanto.......eu quase poderia dizer
Que sei viver.

                                 Andréa Amaral Nogueira
Andréa Nogueira
Enviado por Andréa Nogueira em 29/07/2006
Código do texto: T204326
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Andréa Nogueira
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
22 textos (603 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:20)
Andréa Nogueira