Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Antes de escrever não posso deixar de comentar o que aconteceu. Hoje pela manhã voltado de Porto Alegre onde estive para um compromisso, repentinamente comecei a escrever. Meu marido parou imediatamente de falar comigo pois já sabe que quando começo deixo de ouvir.
Assim que parei de escrever comecei a ler. Enquanto lia começou a tocar uma música falando nada menos que em "mistério". Na música ouvi também o apelido que eu tinha de criança, que hoje ninguém mais utiliza poisos amigos nem sequer o conhecem. Pergunto: "Coincidências"?  

Mistérios

Que mistérios esperam por nós?
Como desvendar,
como decifrar?
Somos espíritos errantes,
humanos inconstantes.
Mistérios, 
grandes mistérios
se somam ao nosso andar...
Quem dera fechar os olhos,
voar qual ave no céu,
girar no espaço,
dançar no ar, 
fugir do mal,
barreiras atravessar!
Mas, pobres mortais
aqui perdidos
como decifrar os mistérios
que esperam por nós?
Liazap
Enviado por Liazap em 30/07/2006
Código do texto: T205417
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Liazap
Nova Petrópolis - Rio Grande do Sul - Brasil
208 textos (10702 leituras)
1 e-livros (129 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:27)
Liazap