Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olha a hora

Passou, o momento foi deixado no passado
Resta a esperança no futuro
Passado e futuro estão distantes um do outro
(por apenas um passo)
Ora, veja a hora e perceba que o início da poesia
já está no passado, o final dela será no futuro.

Cuidado! Não siga o ritmo frenético dos ponteiros
São muito regrados, você pode enjoar
Faça seu tempo, construa seu relógio
Seja você os ponteiros da vida

Acelere o tempo quando estiver no tédio
Diminua a velocidade quando sentir uma brisa de verão
Prolongue os minutos ao máximo quando estiver bem

Lembre-se! Nunca é tarde para dar corda no seu relógio
E ser dono do seu próprio tempo.
Griet
Enviado por Griet em 01/08/2006
Código do texto: T207150
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Griet
São Paulo - São Paulo - Brasil, 29 anos
12 textos (279 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 15:02)
Griet