Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desencontro em Jaraguá do Sul

Sinto frio e fome nesta rodoviária escura
Sozinho e desolado
Aguardando o momento em que tu entrarás por aquela porta
Inacessível menininha ruiva

Esperei em vão por ti
Entediado e desesperado
Embarquei desconsolado neste ônibus vazio
Insensível menininha ruiva

Achei que receberia ao menos um telefonema de desculpas
Esperançoso e iludido
Para ti valho menos que um cão sarnento
Ingrata menininha ruiva

Perdôo-te, pelo meu bem
Todos merecem uma segunda chance
Inclusive gurias de olhos verdes
Porém
Contudo
Entretanto
Creio que recusarias a tal da segunda chance
Se soubesses de minhas segundas intenções
Sou um homem de bem, acredite, repleto de nobres sentimentos
Vou-me embora desta cidade
Plenamente inconformado
Por não ter desfrutado novamente de tua graça e simpatia
E não ter dito a ti pela segunda vez
"Não vim aqui para dançar vanerão"
Seguido do beijo dado por um ébrio apaixonado
Pela vida e pelos encantos
De uma menininha ruiva

                             Curitiba, 31 de julho de 2006.
Fabiano Marquezi
Enviado por Fabiano Marquezi em 02/08/2006
Reeditado em 03/08/2006
Código do texto: T207522

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Créditos: Fabiano Marquezi). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabiano Marquezi
Campinas - São Paulo - Brasil, 37 anos
133 textos (4843 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:44)
Fabiano Marquezi