Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

procissão sem velas

eu o vejo
vestido de santo
demônio vivo que promessas paguei

lambi das tetas que em teu corpo deita
e viajei nas poças de presunçosa fé

o milagre existe
parte impenetrável do sedento humano

e em alguma esquina
o aviso ecoou.

- teu mal foi não acreditar em mim!
Marco Carneiro
Enviado por Marco Carneiro em 03/08/2006
Código do texto: T208464
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Carneiro
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil
37 textos (1440 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:42)