Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade Sem Fundamento

Eu já escrevi tanta coisa fingida
Inventei amores
Inventei feridas
Inventei muitas dores
E milhares de outras vidas
Eu já poetizei sofrimentos alheios
Já escrevi da dor que eu não senti
E todos os tipos de receios
_Que não tive_
Descrevi
Eu já falei tanta coisa que não vivi
Inventei momentos de prazer
Só pra poder ouvir
Aquilo que não te ouvi dizer
Eu já escrevi tanta coisa sem nexo
Falei de drogas que nunca usei
Cigarros que não fumei
E até de sexo
Que não pratiquei
Eu já descrevi cenas completamente possíveis
Só pra deixar marcado meu desejo
Pra ver se um dia eu me lembro
De todas as coisas impossíveis que cometi
Eu sei que já menti e omiti
Já escrevi tantas letras vazias
Letras que formavam bela poesia
Mas que nada me remetiam
Aquelas minhas letras mentiam
E muitas vezes me convenciam
De que eu me conhecia
Tudo mentira, dissimulação!
Esse é só um outro jeito
Pra enganar o coração
E eu, que nas palavras mentia
Encontrei no silêncio harmonia
E descobri que eu já sabia
Que tudo era verdade,
Foi a minha insanidade
Que criou esse momento
E todo o meu sofrimento
Traduziu-se numa saudade sem fundamento
(essa que eu sinto por ti,
a cada final de tarde, a cada suspiro do vento...)


31/07/06


p.s.: é tudo verdade ^^
Bianca Grassi
Enviado por Bianca Grassi em 04/08/2006
Código do texto: T209033

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o endereço para contato com o mesmo.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Bianca Grassi
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
161 textos (10166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:31)
Bianca Grassi