Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Andarilho

ANDARILHO

Mente vazia, cabeça erguida
Vagando ao sol, alma expandida
Estrelas a noite, arco-íris ao dia
E como guia,
Traz a sorte contida

Amante do belo, sem preconceitos
Evita o muito, goza de defeitos
Pessimismo? É raro, e sem fantasia
E como guia,
Traz a sorte no peito

Abraça ao vento, um grande amigo
Teme a morte, não o perigo
Vive a vida a cada dia
E como guia,
Traz a sorte consigo

Chora um passado, sonha um amanhã
Não renega o seu talismã
Voa hoje onde ontem caía,
E como guia,
Traz a sorte irmã.

O coração não é peça falida
De cristal, aço ou pedra polida
Traz como guia e bem colorida
Uma grande razão,
Deus...
Ele é sua sorte na vida!
Eugenio Simioni
Enviado por Eugenio Simioni em 30/05/2005
Código do texto: T20915
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eugenio Simioni
Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil, 58 anos
18 textos (1677 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:37)
Eugenio Simioni