Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto ao Avesso

SONETO AO AVESSO


- Percorri teu silêncio...

Disseram que você morreu
E o sonho
E a cor da esperança em teu rosto.

Não fui ao teu enterro
Trouxe as flores comigo
Por dentro, como um rastro.

Colhi o último sorriso
Querendo evitar a lágrima no olho
Como um breu
Ardendo na saudade das retinas.

Recorri às vitrines da avenida
E em todos os manequins
O teu exílio me acenava
Um arco-íris desbotou em minha vida.


Aldo Guerra
Enviado por Aldo Guerra em 05/08/2006
Código do texto: T210084
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aldo Guerra
Rio das Ostras - Rio de Janeiro - Brasil, 60 anos
296 textos (26097 leituras)
3 áudios (490 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:41)
Aldo Guerra