Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

STOA


Eu entrei!

Por onde? Nem Sei!...
Fui levada, arrastada
Fui chamada, fui mandada
Pra tão longe
Pra tão perto
Caí!...

Caí no agora!
Caí no aqui!
Caí e não consegui voltar...
Melhor ficar e assim...
... Continuar

Estive num outro mundo
E uma outra época
Eu reinventei sensações
Eu recriei os sentidos
Eu redesenhei todos os contornos
Eu coloquei brilho e cor no que estava opaco
Eu clareei o que estava triste e turvo
Eu pintei as sombras e elas puderam sorrir
Eu brinquei de “ter poder”
E alguém gritou meu nome...

O meu mundo novo se desfez...
O agora chegou...
Eu voltei!
Igual um anjo caído que não quer
Se desprender do céu
Mas voltei...
Renovada, assim como a torrente de um riozinho manso
Renovada, assim como o botão da flor que hoje se abriu
Renovada, assim como o pranto que insiste em não cessar.
Anaturva
Enviado por Anaturva em 09/08/2006
Código do texto: T212576
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anaturva
Jaraguá do Sul - Santa Catarina - Brasil, 31 anos
19 textos (712 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:11)
Anaturva