Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mãos que calam

Mãos que calam
Nos calos das palmas
A dor de véspera
Buscando um amanhã sem dor...

Mãos que calam
Os ais de seus filhos
São mãos de pais
Endurecendo os calos das mãos

São mãos que choram
A suavidade das mãos
Quando se faz a falta do pão...

Mãos que calam
A voz dos insensatos
São as mesmas que os perdoam
São as mãos do Pai
Calejadas pelo enrijecimento das almas...

Mãos a postos
A calarem palavras ao vento
São mãos de pais
Que se expressam no exemplo...
ziza Silvestre
Enviado por ziza Silvestre em 10/08/2006
Reeditado em 11/08/2006
Código do texto: T213088

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ziza Silvestre
Ourinhos - São Paulo - Brasil, 53 anos
217 textos (14089 leituras)
1 e-livros (52 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:39)
ziza Silvestre