Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ilha

Varre, vá rindo...
que sua maquilagem solta
vira poeira morta,
entre nós.

Pequenos gestos, restos
Seus lábios azuis.
O que era kama
cruz se ficando me,
amor-teceu me, no chão.
Em disalento frio,
esquecimento.

E carregando, levando
um vento de adeus acenou.
De mal querer, adormeci, sonhei
... e chorei palavras, trovão!

Goteiras pingavam
se explodiam em violentas
quedas deslizantes no rosto.
Lagos de água morna, formaram-se.
No meio
encolhido
me fiz ilha.
Mescaldo
Enviado por Mescaldo em 12/08/2006
Código do texto: T214502
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mescaldo
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
11 textos (360 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:03)
Mescaldo